• Flavia Pinheiro Zanotto

Autoria equivalente em artigos?



No passado, a autoria de artigos necessitava de um conjunto claro de diretrizes e, às vezes, excluía indivíduos que haviam contribuído para o artigo. Hoje, no entanto, a tendência está se movendo em direção à mesma autoria (https://doi.org/10.5195/jmla.2016.158). Ocorre quando duas ou mais pessoas são listadas como fornecendo a mesma contribuição ou similar a um estudo publicado. Como fazer isso?


Vejam esses exemplos:


Copelan A, Chehab M, Dixit P, Cappell MS. (Copelan and Cappell are equal authors). Safety and efficacy of angiographic occlusion of duodenal varices as an alternative to TIPS: review of 32 cases. Ann Hepatol. 2015;14(3):369–79. (PMID: 25864218) [PubMed] [Google Scholar]


Nojkov B, Cappell MS. (Nojkov and Cappell are equal authors). Gastrointestinal bleeding from Dieulafoy's lesion: clinical presentation, endoscopic findings, and therapy. World J Gastrointest Endosc. 2015;7(4):295–307. PMID: 25901208. (Published online 16 Apr 2015.) [PMC free article] [PubMed] [Google Scholar]


Questões de autoria enfrentadas por pesquisadores e equipes de colaboração

Muitos problemas podem surgir ao publicar um artigo. Pode haver diferenças nos métodos, no design e, mais significativamente, na autoria do artigo. Isto é especialmente evidente quando se trabalha em grandes grupos ou em várias disciplinas. Duas questões principais são a falsificação de autoria e os autores fantasmas.


Os problemas da falsificação de autoria

A falta de diretrizes claras de autoria leva a questões sobre ética. Um problema é quando os membros seniores de uma equipe desejam listar seus nomes como autores principais quando não fizeram quase nada. Presume-se isso por causa de sua alta posição. Ele cimenta seu status de líder em um campo, enquanto ofusca o trabalho realizado por estudantes de graduação ou cientistas nos estágios iniciais de sua carreira.


Autores convidados / fantasmas

Outro problema de autoria é que, quando listado, um indivíduo é listado como autor convidado por respeito ou para atrair mais leitores para o artigo. Isso geralmente é chamado de "autores convidados". O problema é que isso pode levar a exclusão de outros pesquisadores da lista de autores.


Diretrizes para atribuição de autoria

Apesar de algumas revistas apresentarem seus métodos para listar autores, não há diretrizes definidas para atribuir autoria na comunidade científica. Felizmente, as tendências no reconhecimento de autoria e contribuições iguais estão mudando.


Através de suas experiências, Alex Holcombe, professor de psicologia da Universidade de Sydney, também vê a necessidade de uma séria reforma de autoria. Como aluno de Ph.D., suas habilidades como programador estavam em demanda. No entanto, apesar do trabalho que ele fazia, não recebia reconhecimento como autor ou colaborador. Seus superiores, principalmente os professores de alto escalão, eram os autores. Infelizmente, mesmo vinte anos depois, ele viu que nada mudou.


O professor Holcombe é um defensor do sistema CRediT. O sistema CRrediT (Taxonomia de Funções do Colaborador) ajuda na quantificação de cada autor (veja aqui). Ele reconhece 14 tipos de contribuição, incluindo conceitualização, metodologia, software, administração de projetos e curadoria de dados. Além disso, mais de duas dúzias de editores de periódicos já usam o CRediT. O principal benefício do sistema CRediT é que ele reconhece uma gama mais ampla de contribuições. Isso ajuda pesquisadores e cientistas em todos os níveis. Como?


  1. Os centros de pesquisa terão melhores informações para contratar cientistas e pesquisadores.

  2. Considera-se um número maior de solicitantes de subsídios.

  3. Distribui-se igualitariamente os recursos científicos.


A aplicação de modelos antigos de autoria em um momento em que a inovação progride continuamente não funcionará mais. Fica a pergunta: Podemos imaginar um método de atribuição de autores que usaria ferramentas computacionais de ponta semelhantes àquelas aplicadas à própria pesquisa científica? Uma ferramenta que dá crédito onde o crédito é devido? Sim, é possível por XML files (veja aqui). Ao reconhecer a inovação na pesquisa, devemos reconhecer maneiras inovadoras de tornar o reconhecimento mais diversificado e inclusivo. Isso criará um ambiente de pesquisa colaborativo mais eficiente.



LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital