• Flavia Pinheiro Zanotto

Tese Publicada? Sim, vale a pena

Atualizado: Abr 15



Uma boa tese exige muito trabalho meticuloso. Freqüentemente, os requisitos para montar a sua dissertação / tese são ditados pela sua universidade. Independentemente disso, toda tese deve apresentar uma abordagem detalhada para responder a uma ou várias perguntas de pesquisa. Ao publicar artigos com base em sua tese, citar a tese é uma boa prática. A definição de "tese" e "dissertação" depende de onde você está. Na Europa, uma tese é normalmente associada ao doutorado e descreve pesquisas originais. Já a dissertação geralmente se refere ao mestrado. Na Europa, como aqui no Brasil, uma dissertação é associada a um mestrado enquanto uma tese é escrita como parte da obtenção de um doutorado. Em ambos os casos, os documentos requerem uma abordagem focada para demonstrar compreensão na área da pesquisa escolhida.


Transformando Tese em Artigo Científico


Embora ambas contenham seções semelhantes, você não pode simplesmente publicar sua tese como um artigo científico diretamente. Convertê-lo em um artigo envolve várias etapas. É importante reconhecer que um artigo é muito mais curto que a tese. No entanto, transformar sua tese em um artigo não é uma simples questão de copiar e colar.


As diferenças entre uma Tese e um Artigo Científico


1. O resumo de um artigo é geralmente bem mais curto que o de uma tese. Isso é óbvio, pois uma tese pode gerar até 5-6 artigos dependendo do trabalho realizado.

2. A introdução de uma tese é usada para mostrar que você está familiarizado com a literatura em seu campo escolhido. Em um artigo, a introdução é muito mais curta, pois supõe-se que seu público-alvo esteja familiarizado com os termos da área e detalhes sobre o assunto de pesquisa. A introdução do seu artigo, portanto, se concentrará mais em preparar o cenário para a descrição dos dados / pesquisa que você está prestes a apresentar.

3. A seção de resultados de uma tese inclui todas as suas descobertas. Em um artigo, não. Os dados nesta seção devem ser apenas aqueles que você precisa para apoiar seu problema ou hipótese de pesquisa. Freqüentemente, os resultados da tese podem representar de dois a três artigo diferentes, como falado anteriormente.

4. A discussão em seu artigo será muito mais focada do que em sua tese. Será orientada pelos resultados apresentados no artigo. Por fim, apenas citações de referências relevantes ao assunto de pesquisa serão listadas.


Escrevendo o artigo

Agora que as diferenças foram descritas, como você realmente monta seu artigo? Você pode começar selecionando um "journal" para publicar. Veja sua lista de referências. Provavelmente, pelo menos alguns dos artigos que você leu foram publicados em periódicos cujo escopo corresponderia ao do seu trabalho.


Para encurtar o seu texto, extraia os dados que respondem apenas a uma ou duas perguntas de pesquisa. Isso deve resultar em informações mais focadas do que a sua tese. Discuta os resultados no contexto de sua declaração do problema - esse é o foco do seu trabalho. Uma boa linguagem e estrutura são cruciais - seu trabalho pode ser rejeitado, mesmo que contenha dados valiosos, mas se for difícil de entender. Use seus dados para contar uma história coerente e evitar conclusões abrangentes que seus dados não mostram. Fale sobre as limitações do trabalho.Verifique se o seu título corresponde ao conteúdo do seu artigo.


Portanto, a estrutura do artigo para uma publicação é diferente da estrutura de uma tese. A publicação de sua dissertação em uma revista exigirá, portanto, mais trabalho, mas também poderá torná-lo um artigo publicado e disseminado! E quem sabe levar a uma apresentação oral em Congresso bem sucedida?

LINKS
CONTATE-NOS

flaviapz@assessoriaciencia.com

Tel: (11) 99657 4524

RAZÃO SOCIAL: FLÁVIA PINHEIRO ZANOTTO ME

CNPJ: 16.955.524/0001-76

Rua Barão de Campos Gerais, 162

CEP: 05684-000 | Real Parque

São Paulo | SP

SOCIAL

©2020 - Todos os direitos reservados. Escrever Ciência | Desenvolvido por Garden Digital